fbpx
sexta-feira, janeiro 27, 2023
InícioCarrosDodge Charger surge com as cores do universo do unicórnio e com...

Dodge Charger surge com as cores do universo do unicórnio e com motor V6 em renderização

Uma renderização de 412donklife, foi compartilhada recentemente nas redes sociais, na qual envia vibrações ousadas, como se os donks fosse um Charger moderno.

Para aqueles que ainda não sabem o que é um donk, esse termo se aplica ao Chevrolet Impala e Caprice de 1971 a 1976, com ou sem os controversos mods.

A característica mais atraente deste Dodge Charger é aquele invólucro CGI único. Ele ganhou vida no mundo digital, assim como o resto do sedã musculoso e cobre todos os painéis da carroceria e do para-choque.

O acabamento tipo cores de unicórnio é unida por um conjunto de ligas superdimensionadas, com uma aparência dourada, padrão de raios múltiplos e calotas centrais Forgiato.

Medindo 32 polegadas de diâmetro, as rodas eram envoltas em borracha ultrafina e exigiam algum corte para caber sob os arcos.

Como todos os fanáticos por gasolina sabem, colocar rodas enormes em qualquer carro arruinará toda a experiência de dirigir, tornando-o firme demais para seu próprio bem.

Além disso, o raio de viragem também seria ridículo e, ainda assim, existem alguns “amantes” de carros que ainda preferem esse visual na vida real.

Seus carros sintonizados chamam a atenção onde quer que vão, embora não pelos motivos certos na maioria das vezes, e eles não se importam menos, daí a multidão de tais construções que cruzam as estradas de nossa nação e não apenas.

Para um efeito mais profundo, o Dodge Charger em questão tem unidades de iluminação dianteira e traseira fumê e janelas de privacidade ao redor, porque o motorista digital provavelmente não quer ser visto ao volante desse carro controverso, nem seus passageiros.

Em outros lugares, é praticamente o modelo usual de quatro portas, mais ou menos, que é um produto antigo, já que existe há mais de uma década, embora com algumas atualizações ao longo dos anos.

O modelo se baseia na plataforma Chrysler LX, compartilhada com o 300, Challenger e o antigo W211 Mercedes E-Class, e é oferecido com várias opções de trem de força.

O motor menos desejável é o Pentastar V6, e é o que praticamente alimenta a cópia renderizada.

Quer saber mais ou conversar com a gente a respeito do tema? Siga nossa página no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências. Você também pode nos acompanhar no Instagram.


Veja também:

Receba as últimas notícias e novidades do mundo automotivo diretamente em sua caixa de e-mail.

Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

pt_BRPortuguese